Mandibuloacral Dysplasia with Lipodystrophy

O que é Mandibuloacral Dysplasia with Lipodystrophy?

Este síndromes é considerada uma doença muito rara. Alguns de seus principais sintomas incluem mandíbula e clavícula subdesenvolvidos.

A lipodistrofia parcial, quando há perda de gordura corporal de diferentes partes do corpo também é característica do síndromes. Isso também pode causar a presença de sintomas associado com metabólico síndromes.

O síndromes tem dois tipos, diagnosticados pela mutação genética que causa cada um.

Síndromes Sinônimos:
Dermatodisostose craniomandibular; LOUCO

O que a mudança genética causa Mandibuloacral Dysplasia with Lipodystrophy?

O tipo A da síndromes é causado por alterações no gene LMNA.
O tipo B da síndrome é causado por alterações no gene ZMPSTE24.

Também pode haver outros genes responsáveis por causar a síndrome que ainda não foram identificados.

A síndrome é herdada em um padrão autossômico recessivo.

Herança autossômica recessiva significa que um indivíduo afetado recebe uma cópia de um gene mutado de cada um de seus pais, dando-lhes duas cópias de um gene mutado. Os pais que carregam apenas uma cópia da mutação do gene geralmente não apresentam sintomas, mas têm uma chance de 25% de transmitir as cópias das mutações do gene para cada um de seus filhos.

Quais são os principais sintomas de Mandibuloacral Dysplasia with Lipodystrophy?

Pode haver alguma variação nos sintomas entre os diferentes tipos da síndromes, mas os sintomas a seguir são aqueles que foram considerados comuns a ambos.

Esses sintomas compartilhados incluem anormalidades esqueléticas, incluindo mandíbula e clavícula subdesenvolvidos. Outro sintoma esquelético comum é a perda óssea nas pontas dos dedos das mãos e dos pés, fazendo com que pareçam atarracados ou excessivamente arredondados.

Uma aparência envelhecida prematuramente, mesmo em crianças afetadas, também é característica da síndrome.

As características faciais únicas relevantes para a síndrome incluem olhos proeminentes, nariz pontudo, boca pequena e queixo recuado. Os indivíduos também podem ter pigmentação ou cor da pele mosqueada, cabelo fino e ralo, perda de sobrancelhas e outros problemas que afetam a pele. A baixa estatura também é uma característica comum.

A perda de gordura corporal, ou lipodistrofia, também está associada à síndrome. Geralmente se desenvolve mais tarde na infância e durante a puberdade.

Esta condição pode, por si só, desencadear sintomas geralmente associados a síndromes metabólicas - resistência à insulina, espessamento da pele e maior escurecimento da cor da pele, intolerância à glicose e diabetes.

Como alguém faz o teste de Mandibuloacral Dysplasia with Lipodystrophy?

O teste inicial para Mandibuloacral Dysplasia with Lipodystrophy síndromes pode começar com a triagem de análise facial, por meio do FDNA Telehealth plataforma telegenética, que pode identificar os principais marcadores do síndromes e delineia a necessidade de mais testes. Seguirá uma consulta com um conselheiro genético e, em seguida, um geneticista.

Com base nesta consulta clínica com um geneticista, as diferentes opções para testes genéticos serão compartilhadas e o consentimento será solicitado para testes adicionais.

Informações médicas sobre Mandibuloacral Dysplasia with Lipodystrophy

This is a condition resembling pyknodysostosis and Hajdu-Cheney syndrome with features of premature ageing. The main features are wide fontanelles which are late closing, wormian bones, hypoplasia of the mandible and clavicles, acro-osteolysis, stiff joints and short stature. The aged appearance is caused by skin atrophy, alopecia, premature loss of teeth and a thin face and beaked nose. Cogulu et al., (2003) reported a case with absent breasts. Ng and Stratakis (2000) reported a 52 year old male with features of the condition, who was also found to have adrenal cortical dysfunction and hypogonadism. Tenconi et al., (1986) pointed out that the mutation appears to be more frequent in Italy. We have seen a case from Malta. Toriello (1995) provides a good review. There might be progressive osteoporosis, osteolysis, multiple fractures (and spinal cord compression (Kosho et al., 2007).
Kozlowski et al., (1990) reported a 17-year-old girl who most likely had this condition. She had tall cervical and upper thoracic vertebrae. Freidenberg et al., (1992) reported three cases with severe insulin resistance, diabetes mellitus and lipodystrophy; however, no photographs or radiographs were presented (it is also not certain whether the patients reported by Cutler et al., (1991) were the same). The sibs reported by Parkash et al., (1990) almost certainly had this condition.
Le Merrer et al., (1991) reported a male who died in his sleep at two years two months. He had many of the features of mandibulo-acral dysplasia, but onset seemed to be congenital. This may suggest a more severe form of the condition. Seftel et al., (1996) also reported a case with features present at birth. This male had hypospadias and died at 8 days after birth from apnoea. The skin was described as thin, transparent, and parchment-like with easily visible veins. Note that some cases of restrictive dermopathy can have similar radiological features to those seen in mandibulo-acral dysplasia.
The case reported by Schrander-Stumpel et al., (1992) is not absolutely typical. It is possible that this girl had a type III collagen deficiency.
The family reported as an example of acrogeria by Rezai-Delui et al., (1999) where four individuals from three inbred sibships were affected, probably had mandibulo-acral dysplasia (qv)
Novelli et al., (2002) mapped the gene to 1q21 in consanguineous Italian families. A homozygous missense mutation (R527H) in the LMNA gene was found in all affected patients. A further homozygous R527H mutation was reported by Shen et al., (2003). This is called type A (MADA). The lipodystrophy is mostly acral, with normal tissue in the neck and trunk. Note that facially, the cheeks are full.
Agarwal et al., (2003) studied four patients with MAD who had no mutations in the LMNA gene. In one patient compound heterozygous mutations, Phe361fsX379 and Trp340Arg, in the zinc metalloproteinase (ZMPSTE24) gene at 1p34 was found. This is type B. The lipodystrophy is more generalized.The patient had severe MAD associated with progeroid appearance and generalized lipodystrophy. No photographs or radiographs were published. Two unrelated cases were reported from Egypt by Afifi and El-Bassyouni et al., (2005). In some cases (with a mutation) there is considerable overlap with progeria (Lehwald et al., 2007). A case with features of MAD, progeria and rigid spine muscular dystrophy, had a R471C mutation (Zirn et al., 2008). Two Japanese siblings with severe disease reported by Miyoshi et al., (2008) were compound heterozygous for ZMPSTE24 mutations. Those with ZMPSTE24 mutations might have an onset as early as 5 months (Ahmad et al., 2010) and some have been found to have a congenital myopathy with fibre-type disproportion (Ben Yaou et al., 2011). A case with features of this condition and progeria was found to have a maternal LMNA mutation and maternal uniparental disomy (Bai et al., 2014).

* This information is courtesy of the L M D.
If you find a mistake or would like to contribute additional information, please email us at: [email protected]

Seja mais rápido e preciso Diagnóstico Genético!

Mais de 250,000 pacientes analisados com sucesso!
Não espere anos por um diagnóstico. Aja agora e economize um tempo valioso.

Começa aqui!

"Nosso caminho para o diagnóstico de uma doença rara foi uma jornada de 5 anos que só posso descrever como uma viagem sem mapa. Não sabíamos nosso ponto de partida. Não sabíamos nosso destino. Agora nós temos esperança. "

Imagem

Paula e Bobby
Pais de lillie

O que é FDNA Telehealth?

A FDNA Telehealth é uma empresa líder em saúde digital que fornece acesso mais rápido a análises genéticas precisas.

Com uma tecnologia hospitalar recomendada pelos principais geneticistas, nossa plataforma exclusiva conecta pacientes a Especialistas Em Genética para responder às suas perguntas mais urgentes e esclarecer quaisquer dúvidas que possam ter sobre seus Sintomas.

Benefícios do FDNA Telehealth

Ícone FDNA

Credibility

Nossa plataforma é usada atualmente por mais de 70% dos geneticistas e tem sido usada para diagnosticar mais de 250,000 pacientes em todo o mundo.

Ícone FDNA

Acessibilidade

O FDNA Telehealth fornece análise facial e triagem em minutos, seguido por acesso rápido a conselheiros genéticos e geneticistas.

Ícone FDNA

Fácil de usar

Nosso processo contínuo começa com um diagnóstico online inicial por um conselheiro genético e segue por consultas com geneticistas e testes genéticos.

Ícone FDNA

Acurácia - Precisão

Recursos e tecnologia avançada de inteligência artificial (AI) com uma taxa de precisão de 90% para uma maior precisão análise genética.

Ícone FDNA

Valor para
Dinheiro

Acesso mais rápido a conselheiros genéticos, geneticistas, testes genéticos e um diagnóstico. Em até 24 horas, se necessário. Economize tempo e dinheiro.

Ícone FDNA

Privacidade e segurança

Garantimos a máxima proteção de todas as imagens e informações do paciente. Seus dados estão sempre protegidos, protegidos e criptografados.

O FDNA Telehealth pode aproximar você de um diagnóstico.
Agende uma reunião de Aconselhamento Genitico online dentro de 72 horas!

EspañolDeutschPortuguêsFrançaisEnglish